Vol. IV, nº 35, agosto de 2011

31 de agosto de 2011 Editoriais

No mês de agosto de 2011 divulgamos as indicações do primeiro semestre deste ano à primeira edição do Prêmio Questão de Crítica. As indicações podem ser conhecidas no blog do Prêmio, http://premioqdc.wordpress.com/, que em breve terá outras funcionalidades e informações sobre a premiação – que vai acontecer em março de 2012, no aniversário de 4 anos da revista.

Agosto também traz o lançamento do primeiro livro do Selo Questão de Crítica, Corpo sem órgãos, de Humberto Giancristofaro, lançado pela Editora Multifoco: http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro=539&idProduto=557

Na edição de agosto de 2011, procuramos dar atenção a algumas peças de fora do Rio de Janeiro, embora não tenhamos deixado de lançar um olhar sobre a produção carioca.

Daniel Schenker escreve sobre duas peças: Viver sem tempos mortos, monólogo de Fernanda Montenegro, com texto adaptado dos escritos de Simone de Beauvoir e direção de Felipe Hirsch, que fez parte da programação de reinauguração do Teatro Dulcina; e Contos de sedução, espetáculo do Grupo Tapa que fez curta temporada no Rio, no Centro Cultural da Caixa.

Humberto Giancristofaro acompanhou o II Festival de Teatro de Itajaí e escreve sobre três peças da programação: É só uma formalidade do Quatroloscinco Teatro do Comum, de Belo Horizonte, que já havia sido analisada na Questão de Crítica por Luciana Romagnolli; Circo do só eu, de Ésio Magalhães, produção do Barracão de Teatro de Campinas; e Meire Love – uma tragédia lúdica, do Grupo Bagaceira de Teatro, de Fortaleza, com direção de Suzy Élida Lins e Yuri Yamamoto.

Do Rio, Dinah Cesare faz a crítica de O idiota – Primeiro dia, adaptação de Oscar Saraiva do livro de Dostoiévski, dirigida por Fábio Ferreira em cartaz no Parque das Ruínas. Do Porto, em Portugal, Paulo Aureliano da Mata escreve sobre o espetáculo The Life and Death of Marina Abramović de Robert Wilson.

Colaboraram nesta edição:

Daniel Schenker, Dinah Cesare, Humberto Giancristofaro, Paulo Aureliano da Mata.

Editora:

Daniele Avila Small.

Notes

Newsletter

Edições Anteriores

Questão de Crítica

A Questão de Crítica – Revista eletrônica de críticas e estudos teatrais – foi lançada no Rio de Janeiro em março de 2008 como um espaço de reflexão sobre as artes cênicas que tem por objetivo colocar em prática o exercício da crítica. Atualmente com quatro edições por ano, a Questão de Crítica se apresenta como um mecanismo de fomento à discussão teórica sobre teatro e como um lugar de intercâmbio entre artistas e espectadores, proporcionando uma convivência de ideias num espaço de livre acesso.

Edições Anteriores