Vol. II, nº 12, fevereiro de 2009

25 de fevereiro de 2009 Editoriais

Na edição de fevereiro de 2009, a revista Questão de Crítica traz textos sobre peças do Rio de Janeiro e de outras cidades. Analisamos Dois irmãos, texto do dramaturgo italiano Fausto Paravidino, com direção de Michel Blois e Cynthia Reis, que fez temporada numa galeria de arte, no Rio de Janeiro, e ficará em cartaz em São Paulo no mês de março. Também publicamos uma crítica da montagem paulista da peça O assalto, de Zé Vicente, dirigida por Marcelo Drummond, que fez curta temporada no Rio; e da peça Quase para sempre, de Bosco Brasil, na encenação de Roberto Souza, montagem que partiu do ambiente universitário e fez algumas apresentações no SESC.

Outras peças do circuito carioca que recebem críticas na edição desse mês são: O estrangeiro, do romance de Albert Camus, com Guilherme Leme e direção de Vera Holtz; e Um homem e três janelas, peça dirigida por Emanuel Aragão, cujo processo de criação foi acompanhado pela Questão de Crítica na edição de maio de 2008.

Neste mês, publicamos análises de duas produções de Vitória, no Espírito Santo: O grande circo ínfimo, do grupo Z de Teatro, com texto e direção de Fernando Marques, e O Figurante Invisível, do Grupo Quintal, texto de Romário Borelli e direção de Telma Smith. De Porto Alegre, analisamos a montagem de A comédia dos erros, de William Shakespeare, com a Cia Stravaganza, direção de Adriana Mottola.

A seção de estudostraz um texto sobre algumas peças de Martins Pena. Também publicamos uma conversacom Sérgio de Carvalho, diretor da Cia do Latão, que esteve no Rio de Janeiro para o lançamento de dois livros sobre o trabalho do grupo e para apresentar o experimento videocênico Entre o céu e a terra. Na conversa com Sérgio de Carvalho, discutimos assuntos pertinentes à pesquisa que a Questão de crítica pretende fazer, não apenas quanto à atividade da crítica, mas principalmente quanto à perspectiva crítica e teórica da criação artística.

Colaboraram nesta edição:

Dâmaris Grün, Daniel Schenker, Daniele Avila, Dinah Cesare, Helena Mello, Mariana Barcelos, Moisés Bittencourt e Wilson Coelho.

Editores:

Daniele Avila Small, Dinah Cesare e Marcio Freitas.

Notes

Newsletter

Edições Anteriores

Questão de Crítica

A Questão de Crítica – Revista eletrônica de críticas e estudos teatrais – foi lançada no Rio de Janeiro em março de 2008 como um espaço de reflexão sobre as artes cênicas que tem por objetivo colocar em prática o exercício da crítica. Atualmente com quatro edições por ano, a Questão de Crítica se apresenta como um mecanismo de fomento à discussão teórica sobre teatro e como um lugar de intercâmbio entre artistas e espectadores, proporcionando uma convivência de ideias num espaço de livre acesso.

Edições Anteriores