Tag: stabat mater

A loucura como projeto em Hysteria

2 de abril de 2020 Críticas

Quase 20 anos depois da sua estreia, Hysteria, do Grupo XIX de Teatro, de São Paulo, se apresentou pela primeira vez em São José dos Campos no último dia do 34º Festivale, em setembro de 2019. O espetáculo foi realizado em um galpão abandonado nas imediações da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, cuja arquitetura serviu como o próprio cenário da peça.

Cinco mulheres estão na Sala de Asseios de um hospício feminino do século XIX – uma espécie de cárcere. Quatro delas estão internadas e sob os “cuidados” da quinta personagem, uma enfermeira com ares de governanta que recebe o público feminino com certa agressividade. As narrativas que cada personagem traz foram inspiradas em registros históricos pesquisados pelo grupo. Suas falas trazem citações de documentos e de obras literárias, mas a dramaturgia também conta com a interação com as espectadoras no momento presente.

The fundamental profanation

2 de março de 2020 In English, Traduções

Portuguese version: http://www.questaodecritica.com.br/2019/11/stabat-mater/

Stabat Mater is the most recent work by Brazilian actress, playwright, and director Janaina Leite, in which she carries on a process that intertwines theatrical language and self-investigation. In March 2019, she shared her creative process of Stabat Mater at the 6th MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, and a few months later, the show premiered at CCSP – Centro Cultural São Paulo. Janaina Leite’s text had been selected as one of the finalists of an open call for playwrights, promoted by this venue the year before. I only had the chance to watch the play a few months later, when it was presented at Teatro de Contêiner, a significant venue in São Paulo.

A profanação fundamental

16 de novembro de 2019 Críticas

English version: http://www.questaodecritica.com.br/2020/03/stabat-mater-english/

Em Stabat Mater, Janaina Leite dá continuidade a um processo que conjuga pesquisa de linguagem e investigação de si. Depois de uma apresentação do processo criativo na 6ª MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo em março de 2019, a peça estreou no CCSP – Centro Cultural São Paulo, sendo uma das finalistas do Edital de Dramaturgia em Pequenos Formatos desta mesma instituição no ano anterior. Depois, fez apresentações no Teatro de Contêiner, onde assisti ao espetáculo. Vale lembrar que o Teatro de Contêiner é o espaço da Cia. Mugunzá, criadora da peça Luis Antonio Gabriela, uma referência do teatro documentário autobiográfico contemporâneo no Brasil, que guarda parentescos com as questões que vou apresentar aqui. Neste mês, novembro de 2019, Stabat Mater volta ao Teatro de Contêiner. Tanto a peça quanto a visita ao espaço valem a viagem a São Paulo.

Notes

Newsletter

Edições Anteriores

Questão de Crítica

A Questão de Crítica – Revista eletrônica de críticas e estudos teatrais – foi lançada no Rio de Janeiro em março de 2008 como um espaço de reflexão sobre as artes cênicas que tem por objetivo colocar em prática o exercício da crítica. Atualmente com quatro edições por ano, a Questão de Crítica se apresenta como um mecanismo de fomento à discussão teórica sobre teatro e como um lugar de intercâmbio entre artistas e espectadores, proporcionando uma convivência de ideias num espaço de livre acesso.

Edições Anteriores