3º Encontro Questão de Crítica

6 de abril de 2015 Encontro QDC Encontro QdC 0 Comentários

O livro do 3º Encontro Questão de Crítica está disponível para download :: http://www.questaodecritica.com.br/wp-content/uploads/2016/06/3-Encontro-Questa%CC%83o-de-Cri%CC%81tica-livro.pdf

AF_Flyer_FB_encontro_v02

Nas duas primeiras edições do Encontro Questão de Crítica, realizadas em 2011 e 2013, propusemos aos convidados que discutissem assuntos específicos relacionados à crítica de teatro. Nesta terceira edição, apontamos para outra direção. Depois de muitas conversas entre críticos, professores e pesquisadores, vimos nesta nova oportunidade de troca de experiências uma chance de ouvir os artistas, de convidá-los a fazer um exercício crítico sobre o seu próprio trabalho. Com isso, continuamos nossa investigação sobre as possibilidades da crítica, sobre a função, o potencial, a necessidade, a importância da crítica, e também sobre a linguagem, a fala e a escrita crítica. A nós, realizadores da Questão de Crítica, interessa pensar: como falar e como escrever sobre o que vemos, o que fazemos e o que pensamos? O trânsito entre teorias e práticas no nosso corpo de colaboradores tem sido uma constante. Como seria, então, uma crítica criativa, uma crítica com olhar de artista? Como agenciar estes deslocamentos de realização e de reflexão entre críticos e artistas que desejam parceria, cumplicidade e conversa? E, antes de mais nada, como quebrar – ou derreter – o gelo? Como tornar fértil um terreno desgastado a ponto de parecer estéril?

Este encontro também tem a intenção de propor uma conversa sobre a formação de artistas de teatro. Uma ação específica da Questão de Crítica já sinaliza essa intenção: a realização do Prêmio Yan Michalski, que contempla o trabalho de estudantes em montagens de formatura de faculdades e cursos profissionalizantes de Artes Cênicas. Agora convidamos artistas que também são professores para conduzir uma conversa sobre dificuldades e possíveis encaminhamentos para o ensino do teatro. Desejamos, com isso, fazer um encontro propositivo e tentar aproximar os estudantes à nossa geração de críticos.

Nesta edição, realizamos também uma Mostra de Teatro Brasileiro Filmado, com exibição de registros em vídeo de seis peças que têm um lugar especial na história do teatro brasileiro. É um pequeno recorte, com foco em peças do Rio de Janeiro e de São Paulo. Convidamos pesquisadores de teatro para contextualizar e comentar as peças, conduzindo um debate com os espectadores presentes. A proposta desta etapa do projeto é chamar atenção para a importância do registro audiovisual como um meio para o estudo do teatro pela perspectiva do espetáculo, da encenação e dos elementos que compõem uma peça – apesar da precariedade inerente aos registros, tendo em vista a natureza presencial das obras. Mas também pensamos que, talvez, se assistirmos juntos aos vídeos e se nos reunirmos para ouvir e compartilhar nossos olhares sobre essas peças, quem sabe o convívio deste momento não pode encurtar algumas distâncias. Talvez todo o nosso trabalho com a revista, a premiação e os encontros, trate simplesmente disso, de tentar encurtar distâncias.

Couldn't resolve host 'urls.api.twitter.com'